quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Gavetas


A ver a chuva bater no vidro, dia de frio e cinzento, a momentos nos que gosto de dias assim... São momentos nos que me obrigam a interiorizar e olhar em aquele lugar que muitas vezes fica no esquecimento a espera de que alguma coisa aconteça pra pensar nas coisas que nos mexe... Hoje é um dia desses, mas sem ter muito tempo... Olho de passagem pois não quero la ficar muito tempo, não quero ir para outra dimensão terminando por isolar meu coração por aqueles momentos que se podem tornar horas e incluso dias. Porque quando estamos a ouvir o que nos vai la dentro, ficamos submergidos na maré de emoções, sensações e sentimentos... Ficamos mais vulneráveis, de ai tentar ir la poucas vezes, para tentar que isso não trave o nosso dia a dia... Para que isso não nos faça si calhar tomar decisões que podem estar paradas... O importante é saber que la vamos as vezes ou mais vezes das que poderíamos querer mais que sempre saímos de lá bem.