sexta-feira, 30 de setembro de 2011


O que acontece quando damos nos próprias a ouvir o nosso silencio? Simplesmente o silencio não se ouve... Somos invadidos pelos nossos sentimentos e medos, pelos nossos pensamentos, as vezes absurdos, outras vezes simplesmente demolidores...
Vontade de sair a varanda o em quanto passeamos pela praia queremos gritar e dizer o que nós vai dentro, o que nós da medo o quais são as nossas necessidades...

Uma grande atitude faz muito mais que acender as luzes no nosso mundo; parece que ela magicamente nos conecta a todos os tipos de oportunidades casuais, que estavam de alguma forma ausentes antes da mudança. 
Earl Nightingale

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Cansada


As vezes nos sentimos cansadas de tudo e de todos...Sentimos vontade de chorar ou damos as lágrimas a escorrerem pela nossa face sem saber bem do porque...Quando nós perguntamos a nós próprias do porque, nos sai um simples " estou cansada de tudo" E depois chega o silencio... Silencio esse que diz tanta coisa...Procuramos o nosso canto, passear pela praia, ouvir uma musica, mas cima de tudo, tentamos não sair desse silencio... Tentamos procurar a essa pessoa que tudo sabe de ti, tentamos falar dum jeito que conseguir algum mimo sem ter de dizer que não estamos bem... Tentamos desabafar sem ter bem a noção das coisas que estamos a dizer no momento. As vezes sem nexo, outras vezes sem sentimento, mas tentamos pedir uma pequena ajuda para nos tirarem desse momento, pois tdas nos precisamos de sentir que não estamos sozinhas... Dizer não estou bem sem saber o porque, tornasse complicado...Dizer que não estamos bem, sem poder falar abertamente o sem conseguir falar do que vai em teu interior também... Por isso, estejamos atentos as pequenas sinais que nos mandam e que nós as vezes mandamos inconscientemente, pois hoje posso ser eu que não estou bem, mas amanhã poderás ser tu... Quando isso acontecer, lembra-te que depois duma boa noite de sono, vem um novo amanhecer cheio de esperanças e tempo para tu poderes mudar esse sentimento!

Julgar...


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Se...



Não te acostumes com o que não te faz feliz, revolta-te quando julgues necessário. Alaga tu coração de esperanças, mas não deixes que ele te afogue nelas. Se achas que precisas voltar, volta! Se percebes que precisas seguir, segue! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continua. Se sentes saudades, mata-as.Se perdes um amor, não te perdas! Se o achares,segura-o! Se amas, não mudes por um desejo! Se queres gritar, grita! Cima de tudo, sé o que sentes em cada instante, sé genuíno!
 Porque no silencio das nossas palavras fala o coração...
Quiero ser un alma libre de madrugada

domingo, 25 de setembro de 2011


A raiva é a minha revolta mais profunda de ser gente? Ser gente me cansa. Há dias que vivo da raiva de viver.
Clarice Lispector

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

As vezes


As vezes temos alturas na vida, que não temos vontade de falar, simplesmente nos limitamos a ficar no nosso silencio..Porque? Talvez seja porque temos medo, talvez seja porque nos sentimos ma vulneráveis e não nos queremos mostrar assim... Não sei...Alguém faz dois dias me diz assim "Já cuidas-te e deste colo a muita gente, esta na hora de que alguém te o dei a ti" E talvez seja isso... 
Tenho saudades da minha família, confesso, cima de tudo da minha sobrinha, pois com a inocência dela, ilumina os meus dias e minha vida...Tenho saudades dum toque de alguma palavra a mas, de que alguém me levante as vezes, de não ter que me mostrar sempre forte e bem quando talvez pode não ser esse meu estado esse dia... 
Sabes aquela sensação de estar a caminhar sem saber direito qual é teu destino? Simplesmente andar a divagar? É isso que sinto que ando a fazer... 
Tenho saudades de arriscar, de cometer alguma loucura, de amar alguém...Tenho saudades de sentir a minha essência a sair de mim sem controlo... Mas as vezes o destino nos faz ficar neste estado até que chegue o momento certo de nos voltar a mostrar...
Penso que será uma fase que passara, que a vida metera coisas o pessoas que me façam cometer loucuras, que me façam sacar aventureira que tenho em mim, pois assim sossegada não consigo estar muito tempo, este letargio mudara...

...



Daí ela se lembrou de como é ser forte. Ela enxugou suas lágrimas e sorriu. Sim, sorriu, porque ela sabe que algo melhor está por vir. Ela sabe.
Tati B.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A pensar, a sentir e a pensar...A sentir-me arrepiada por algo que eu não sei... Cansada, muito cansada eu me sinto, de tudo e de quase todos...Olho a volta e só algumas coisas me motivam... Olho a volta e só algumas pessoas despertam meu interesse... Será que me voltei mas exigente? Será que achou muitas coisas triviais e muita gente vazia? Será que estou num ponto de reciclagem na minha vida? Talvez por isso me voltei mas virada para essas poucas pessoas, tal vez por isso muitas vezes ao não as poder ter perto prefiro ninguém ter...Talvez muita coisa...
Procuro meus momentos, deixe de fazer as coisas por favor...Dou mas também exigo receber, deixe de dar sem esperar retorno, si não o tenho, deixo de dar.. Rio-me só si tiver vontade, do mimo si achou que o merecem... Nunca me importei com o que  as pessoas achassem, pois não se pode agradar a todos, por isso me agrado a mim primeiro... Chamem-me egoísta si quiserem, mas si não me amar a mim cima de tudo, quem me amara a mim?

terça-feira, 20 de setembro de 2011


Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio - e eis que a verdade se me revela.
Albert Einstein

Passage Du Silence


Em silencio, sem ouvir musica, nem tv, nada, simplesmente o som da rua e meu interior... Hoje acordei assim, em silencio, fechada em mim, com vontade de falar, de tirar para fora tudo o que vai cá dentro... Mas continuo em silencio...
Dei por mim a olhar as minhas mãos, fixar a vista e viajar longe, muito longe mesmo... Pensar em ti, em ela, em mim, minha vida, as vossas...E dou por mim a olhar para o mar perdendo a noção do tempo, espaço e lugar real, viajando a meu mundo virtual.
Tiro conclusões de cada sentimento que vem associado a cada imagem, a cada pensamento, se desenha um pequeno sorriso com um suspiro e um aperto no coração convida aos meus olhos a chorarem...Mas este meu orgulho o teimosia estúpida, não deixa que isso aconteça..
Olho para o ecrã do meu telemóvel que ilumino com uma mensagem, olho a foto do meu ecrã e paro, simplesmente paro...Dois ou três minutos sem escrever, novamente a pensar,sabem porque? Porque muitas vezes não escrevemos  o que pensamos para não termos a confirmação dos nossos pensamento & sentimentos... Como eu já diz a alguma pessoa, quando falamos em voz alta do que nós acontece, é realmente quando assumimos o nosso momento... 
Hoje estou assim, levo já algum tempo assim, em silencio, sem desabafar, sem partilhar... Difícil do fazer quando nem nós próprios sabemos do como, do porque, do momento certo, o jeito certo... Simplesmente, silencio...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Lindo!

Tudo começa no primeiro olhar, que é a linguagem do amor..

Quantas vezes...


Quantas vezes paramos e pensamos realmente na nossa vida? Quantas vezes as pessoas tentam solucionar os problemas dos outros, achando que assim não se tem de preocupar pelos seu? Bem, uma vez que os ajudes a resolver os teus ainda la estão como os deixas-te o ainda pior...
Eu, tenho por costume analisar a minha vida, o meu redor, meu interior muitas vezes, me atrevo a dizer diariamente... Isso não implica descuidar os problemas da minha gente, nem muito menos, mas como eu me digo a mim mesma "Como podemos ajudar aos outros si nós não estamos bem?"
Tenho um varalho de cartas na minha mão durante toda um vida, a momentos nos quais erramos em usar algumas cartas, em deitar outras para fora o simplesmente deixar-las para a próxima vez... Eu já faz um tempo que não arrisco, que ficou em meu canto, deixe-me estar... 
Achou que foi o correcto, e continua a ser, a minha vida é demasiada atribulada para meter mas "risco " a meio... Sou de arriscar por natureza, mesmo estando cheia de medo sempre o faço, mas as vezes alguém la cima da-me uma luz e faz estar quieta, riscar pessoas com uma facilidade increivel, como si nunca tivessem existido... Deixar entrarem outras sem dar por ela, mas de tudo e todos aprendo coisas... 
Tenho a dificuldade de me dar, quando o faço, o dou mesmo, seja amizade,seja amor, mas... Mas quando algo me diz para tirar, o faço radicalmente. As vezes vai devagar, outras vezes nem hesito e tirou logo... 
Tão pouca gente que me conhece! Si as pessoas soubessem como eu sou realmente, muita gente ia mudar a opinião o ideia que tem de mim, mas sinceramente, a estas alturas da minha vida não me dou o trabalho disso...
Quem me conhece também se surpreende com minhas atitudes as vezes, como não fazer até quando eu própria o faço!...Eu muitas vezes digo que sou muito espontânea nas minhas reacções, mas as maiores loucuras realizadas por mim, sempre foram pensadas.. Tanto faz que soubesse que ia dar contra parede, que podia me magoar, que podia dar todo errado, as grandes decisões da minha vida, sempre foram pensadas. O meu maior defeito, ou virtude, depende do ponto de vista, é fazer tudo pelo que o coração me diz... Não vou mentir dizendo que o faço sem pensar nas consequências, pois penso sempre, mas direi sim, que o faço porque o demais não consigo ser eu... Seria uma versão descafeinada de mim, seria uma versão que no instante que tomasse essa atitude, sentiria a necessidade da mudar para o que o coração diz, pois meu coração é quem manda respirar... Sou uma pessoa que faz tudo por paixão a vida, a minha vida, pode ser melhor o pior que a de algumas pessoas, mas é a minha vida e essa, sou eu quem escreve as linhas.

domingo, 18 de setembro de 2011


Não desejo encontrar alguém que me complete, é pouco, mas que me transborde.
"Carpinejar"

sábado, 17 de setembro de 2011


Estar sempre insatisfeito, na verdade, é o que faz a gente nunca desistir de seguir em frente e quem sabe um dia se encontrar nesse mundo.
Tati Bernardi

Hoje acordei com vontade dum mimo, com vontade dum abraço,com saudades de ter alguém que dei colo e comparta simplesmente o teu silencio....Hoje acordei mas sensivel do que é normal e com vontade do revelar...A vida? A momentos para tudo e agora é para estar como estou, em meu canto, sem pressas para nada mas nunca parada...Sei que eu vou estar muito bem, não sei é quando nem com quem,mas vou estar muito bem...Para já? Estou em meu canto, em paz e sossego, sem me meter com ninguém e quieta...A dias assim,as vezes sentimos a falta de ter alguém a nosso lado, mas esses momentos também passam... Quando estamos assim, e quando mas crescemos, melhor nos conhecemos e mas evoluímos... Hoje tenho saudades dum alguém que não tem nome...Deixarei passar este momento em silencio, e quando o tiver, o desfrutarei...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Não quero pensar


Eu não quero pensar no que virá: quero pensar no que é. Agora. No que está sendo. Pensar no que ainda não veio é fugir, buscar apoio em coisas externas a mim, de cuja consistência não posso duvidar porque não a conheço. Pensar no que está sendo, ou antes, não. Pensar é ainda fuga: aprender subjectivamente a realidade de maneira a não assustar. Entrar nela significa viver.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011


Metade de mim agora é assim, de um lado a poesia o verbo a saudade, do outro a luta, a força e a coragem para chegar no fim. E o fim é belo, incerto... depende de como você vê!
Fernando Anitelli

Aqui, a ouvir...


Aqui,a ouvir musica, a pensar e tentar transmitir os meus pensamentos para esta folha... Vários sentimentos contraditórios em meu interior, mas sempre a ouvir a minha vozinha interior, e tentar continuar a ser fel a mim mesma... Não deixando que os acontecimentos dos últimos tempos, mude meu jeito de ser e actuar... Complicado, as vezes deixar cair para o lado as provocações, complicado, quer mandar a dar uma volta dizendo varias coisas e ficar em meu canto... Mas tem de ser assim.... 
A momentos na vida, que os actos das pessoas revelam o que elas são realmente...É essa a lição que aprendi... Deixo que os actos falem por elas....A gente que acha a,b,c ou d de mim...Mas as ditas pessoas que dizem serem amigas, não tem coragem o não se dam o trabalho de falarem comigo, eu sei porque... Porque não mereço o trabalho o porque no fundo sabem que não a desculpas possíveis... 
Mal o bem sou assim, separo tudo, não misturo as coisas mas não todas as pessoas tem essa capacidade...
Simplesmente tenho uma coisa a dizer...Estou a aqui,de pé pronta para tudo e sei que não estou só...

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Mas nem sempre é necessário tornar-se forte.
Temos que respirar nossas fraquezas.

Clarice Lispector

é...


É admirável, como as pessoas mudam,como as coisas mudam e como nós mudamos... Quando mudamos, temos de tentar sempre ser para melhor, para aprender dos erros e para evoluir... Estou numa altura de fazer limpeza, ficou só com as pessoas que me querem bem, que eu quero bem e que sinto que merecem..

terça-feira, 13 de setembro de 2011

sábado, 10 de setembro de 2011

Dou por mim a pensar...


As vezes dou por mim a pensar nas pessoas das quais estou rodeada e sinceramente em quantas é que eu confio...Assusta ver que as conto com os dedos duma mão,assusta o ver que cada dia ficou mas exigente... Sim porque por os erros de uns,confiasse menos em outros...Eu posso dizer que tenho pessoas amigas e de confiança que entram numa só mão, e o digo mesmo de boca cheia....
Para sair a noite,não faltam colegas, agora quando tenho de abrir meu coração...Isso já é outro assunto, ai tenho mesmo pouquissimas pessoas, mas também tenho essas pessoas.. 
Como eu digo, dou valor aos pequenos detalhes, as palavras o vento as levas,as acções é que marcam a diferença...
“Não importa o quanto você vá devagar desde que não pare.” 
Confúcio

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Charles Chaplin


"Ei! Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.

Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.

Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...

Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.

Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.

Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você... não vá embora
.
Eu preciso dizer-lhe que... te adoro, simplesmente porque você existe.
Charles Chaplin

quinta-feira, 8 de setembro de 2011


"Liberte-se e veja as estrelas surgirem - do lado de fora e do lado de dentro."
Elizabeth Gilbert

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Há tanta suavidade em nada dizer,
E tudo se entender.

Fernando Pessoa

terça-feira, 6 de setembro de 2011


Hoje acordei assim, bem disposta, com vontade de dizer para as pessoas...
(...)quero ter sensações inéditas até o fim dos meu dias.
Quero viver a vida, com esta alegria que ele nós proporciona a cada momento,as vezes sem sentido,outras vezes porque nós a procuramos arduamente e outras vezes porque é nossa natureza...
Vamos pela rua, e vemos as pessoas em seus mundos privados com uma pequena nuvem imaginaria na testa...Porque o ser humano tem tendência a pensar nos problemas em vez de tentar aproveitar os pequenos prazeres diários que a vida nós da? Como bem diz um ditado,"Passamos mas tempo a lamentar o que não temos que agradecer o que a gente tem.."
Minha gente, posso não ter dinheiro, posso ter uma lista infinita de defeitos e talvez algumas carências.... Mas também tenho muito amor na minha vida,tenho saúde para poder lutar pelos meus objectivos e não estou só...
Peguem essas pessoas, em essas coisas e agradeçam, dem um bocado da vossa alegria a um desconhecido,sorriam para ele sem nada em troca, veram como receberam outro sorriso como resposta... Sejam mais humanos, não deixem que a rotina ou os problemas diários os façam esquecer o que vocês tem de bom nas vossas vidas!
Hoje direi OBRIGADA á essas pessoas,sorrirei para um estranho e viverei,cima de tudo viverei...

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Eu cometo erros...




O amigo é a resposta aos teus desejos.Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio.
Khalil Gibran

sábado, 3 de setembro de 2011

Pensamento


Agora mesmo, a uma e tal da madrugada, a ouvir musica e a pensar... A rir pela musica que estou ouvir em quanto estou a espera...Meu pensamento? Uma conversa sobre ti que tive hoje...O titulo da musica? Até me faz rir:) Simplesmente tenho vontade de por aqui, que estou a tua espera e veio-me pensamento a cabeça...

Amor e razão...



O amor e a razão são dois viajantes que nunca vivem juntos na mesma hospedaria. Quando um chega, parte o outro.
Walter Scott

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Saira meu espontaneo?


Ás vezes, acordamos com a grande necessidade de esvaziar o nosso interior,a nossa alma.. 
Dizer, aquelas pessoas de que jeito é que podem mexer em nós, como nós desiludiram,como nós magoaram,como dão luz a nossos dias,quais são os nossos medos, o que esperas delas, o que precisamos hoje, porque as deixamos entrar na nossa vida, o porque de todo o que se passa pelo nosso pensamento e coração só com ter um pensamento nelas...
Cada uma a seu jeito, cada um com um pensamento diferente e sentimento... Mas depois, pensamos assim" Expor o que eu penso ou sinto?" É ficamos com o pensamento nosso interior mas um dia esperando que talvez mas logo achemos o sentido e o digamos...
Ás vezes penso assim"E si morresse hoje a noite,será que sabem o que lês gostaria ter-les dito?""Será que alguma coisa teria mudado nós últimos minutos?"
Tenho pensamentos para ti, muitos silêncios guardados, nunca os mesmo, mas sim muitos... Falarei?Imagino que o farei quando meu interior o achar conveniente, si calhar quando não me importe o que posso arriscar, o simplesmente, quando meu espontâneo sair a luz e dizer tudo...Nesse dia algumas pessoas saberiam algumas coisas...Para já?Ficam cá dentro sem as compartir com ninguém...Musica é meu interior...

De todas as coisas que ouviram dizer sobre o amor,nenhuma admitia meia entrega. Ninguém meio que ama, ninguém meio que se entrega. Amar é desfazer-se de si, de fato.