domingo, 24 de novembro de 2013

Quem diz que amar é fácil?


Quem diz que amar é fácil? Bem, eu posso dizer que amar é complicado.. Primeiro e dizer sentir o amor de tal maneira que te sentas uma pessoa só, mais o se sente. Tiveram a sensação de ter achado aquela alma que talvez num passado pensas-te ter achado em um outro alguém? Bem, eu o achei e o digo com a com o coração cheio e a mente a temer. Sim a tremer, porque desde o momento que reparou nisso, deixo de ter tanto poder nesta corpo que num passado não a muito longo, o tenha em total domínio.
 E agora, que lê sucede? Pois é simples, faz coisas que nunca penso, da por ele a deixar aconteceram coisas que antes eram impensáveis. Não podemos fazer todo o que nos bem a cabeça, oimos e ficamos com coisas que talvez antes no toleraríamos, temos uma paciência que nunca tínhamos pensado e mudamos pequenas rotinas adquiridas no momento que éramos individuais. 
E todo isto porque? Porque a recompensa merece a pena, porque se não fizer-mos feliz a esse outro pedaço da tua alma, algo te falta. Porque por um simples sorriso somos capazes de mil estupideces, porque quando nos magoam por o desconhecimento do pouco tempo de conhecimento, aceita-mos um desculpa. Damos por nos a olhar e dizer " Já deixei de falar por muito menos" 
Certo, mais é muito difícil deixar de falar para quem tem completa. Não mudas, não deixas de ser o que és, para mim ficamos uma versão melhorada de nós mesmo. Amar não é nada fácil, mais quando se é correspondida, merece todo a pena.

John Legend


terça-feira, 29 de outubro de 2013

Tu & Eu


Amar, sentir, desejar, querer e ter.. Nestes momentos,sinto esta mistura mágica,explosiva e única,sendo tu responsável disso. Achar a calma, o saudade, a minha casa nesse olhar é uma sensação que poucos devem de sentir...Eu digo que é a única que até hoje sinto, achei a lar da minha alma, achei a minha outra metade. Pode doer, pode dar confusão, mas tenho a oportunidade pela que uma espera a vida toda e as vezes nem a encontra. Eu achei-te, tu achaste-me, e agora? Tenho certezas que será eterno, pois desde que aconteceu plenitude é a palavra.. As vezes longe significa perto, estando juntos esta-mos muito longe, pois vamos a nosso próprio mundo, onde o tempo é intemporal, onde todo tem um ritmo perfeito, o nosso. Perder-me no meio duma caricia simplesmente a sentir, algo que é tão meu que no teu abraço digo "Sinto-me em casa" 

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Como se vive apaixonada?


Como se vive a vida quando se esta apaixonada? Pois ora, acho que exactamente igual. Eu sou de aquelas pessoas que acha que quando se apaixona nada temos de mudar em nos, porque se gostam de nos assim, porque mudar? A única coisa que reconheço, e faço, e adaptar meus vícios, minhas vontades e maneiras a dois. Acho certo e justo partilhar ilusões, sonhos e liberdades... Gosto do desenho espontâneo que surge no meu rostro quando se pensa nessa pessoa, a influencia que tem uma palavra tua nessa pessoa, querer surpreender com um acto... Me fascina o efeito que tem um olhar da pessoa certa, um toque o uma simples sussurro ao ouvido... Acordar e sentires que não um sonho no qual desvanece com os raios do sol, que tua vida segue sendo a mesmo com a diferença de que ganha uma cor diferente. 
É tão bom achares aquela alma nesta vida... Aquela da qual já se tinha desistido, que achavas não és o suficientemente digna para isso... Pois bem, parece que ainda a esperança para uma pessoa de alma tão livre como a minha, pois acho a metade dela. Bem, não desistam, pois o dia que o façam ela os achará, a questão será se a reconheceram o a deixaram ir para acharem-se em outra vida. Acredito que uma das duas a reconhecerá,a questão será se terá coragem de lutar por ela. Nunca será fácil, mais também se fosse qual seriá a piada?

Lindo

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Remoinho



A momentos no que o remoinho de sensações, emoções, aquele furacão de coisas que nos vai no interior, não conseguem ser transmitidas. As vezes são coisas boas, outras más, até estupideces mais temos aquela necessidade de recolhida, de silencio... Oiço música, me trasmporto a esse meu remoinho e fico la parada siimplesmente a sentir, não tenho necessidad de nada mais. Só ficar la quieta, sem pensar no tempo, nas pessoas, na técnologia que pode estar a replicar, olhar no vazio, sentir e deixar meu tempo passar. Sim, poruqe dona do meu tempo é o meu interior, ele que faz que ele ande a comando do meu ritmo, ao compaso da música interior, aquele que só eu oiço porque quase nunca se comparte. 
Sim, eu gosto de estar comigo, eu gosto de ser quem eu sou, mesmo que as vezes nem eu mesma me comprenda. Em certa maneira esse é o segredo de me adorar, o saber que não sei como irei reagir a situações, maneiras o jeitos. A aprender a calar e falar do que me possa ou não beneficiar, mais algo nunca me nego, a fidelidad a mim mesma. Assumo os erros, os acertos e até aquelos feelings que do nada surgem, chamemos-lo de instinto. Não sou nem melhor nem pior que ninguém, nem essa é minha intenção se quer. Basta-me acordar, olhar no espelho para minha alma que reside nos olhos e sorri, chorar o falar. O que nunca quero que me aconteça, e baixar o olhar, porque se isso sucedesse, seria sinal de que me trai a mim mesma. Por tanto, oiço meu torbelhino, meu tifon particular porque isso, sim, é minha essencia.

José Saramago


domingo, 28 de julho de 2013

Amar é facil?




Amar é fácil? Talvez seja quando se tem a pessoa certa para isso. As vezes não temos a pessoa certo, outras vezes somos correspondido e mesmo assim não a temos perto e depois esta a pior parte, quando se ama e não se é correspondido. Bem, volto a perguntar, amar é fácil? Para mim a resposta é sempre a mesma, sim, o difícil é acertar na pessoa.
Saber que quem amas é a pessoa certa para ti, que és correspondida, que te fazem ter aquele brilho no olhar que da a paz a tua alma. Si já amei? Sim.. Mais a maneiras diferentes de amar, jeitos e intensidades. Ningué é igual a ninguén, até porque nos mesmos estamos em reciclagem continua. Por acaso és a mesma pessoa que faz um mes trás? Duvido,pois a vida nos molda a cada segundo, por tanto molda as maneiras de amar.
Eu amo a minha alma cima de todo e é bom sentir que acho a sua metade. E tu, que achas, amar é fácil?


sexta-feira, 26 de julho de 2013

quarta-feira, 24 de julho de 2013

A musica..


A musica tem um poder que poucos imaginam...É capaz de remover teu interior, ir ao fundo onde esta ao alcance de privilegiados, por não dizer de ninguém... Faz que te perguntes coisas que talvez em voz alta nem tens coragem do fazer.. Saca o melhor de ti, ao igual que pode sacar o pior.. Mais cima de todo, a musica muitas vezes consegue transmitir aquelas palavras o sentimentos que tua surda voz não consegue alcançar. Vezes sem conta que mandas uma música,para sacar emoções, ouves no silencio de teu canto para ajudar a pensar e viajar.. Quantas vezes para te isolares do normal ruído do mundo,metes os fones,tua musica e não estas para ninguém? Sim, a musica e todo isso e muito mais... Para mim a música é aquela banda sonora a qual me lembra a momentos de minha vida em ritmos de acordes.

domingo, 5 de maio de 2013

Desapego


 Desapego, uma palavra que pode custar aprender mais uma vez que se faz tudo fica mais leve, real e sincero. Faz alguns anos aprendi o que esta palavra significa e todo em mim mudo,acreditam? Desde que solte a dependência a qualquer pessoa,sentimento o sensação, me livrei dum grande peso que sem querer levamos nas costas, como uma mochila com rochas as quais não vemos mais nos impedem a liberdade de movimentos. 
Sabem quais foram as consequencias disso? Simples, que agora cada momento que possa viver é única e muito mais intensa. Amo com mas intensidade, menos medo e sem pedir nada em troca. Vivo com mais leveza de fazer sempre o que minha alma me pede e com quem ela precisa. Aprendi a me apegar a mim, cima de todo, porque si eu não o fizer, quem  fará?
Sorrio com a alma cheia, choro,rio,beijo,danço... Todo só do meu jeito, bom o mau meu e o mais importante, sem esperar aprovação de ninguém. Que boa palavra que incorporei a minha vida, demorei talvez a conhecer e interioriçar, mais agora nunca mais a esqueço. Dou a quem quero, quando quero e como quero. Sempre fiel a mim mesma, é um prazer olhar no espelho e sorrir, olhar para aqueles olhos que me possam cativar e me sentir leve.

ummm,te comería con pan y mantequilla jajajajjaja ai,ai :)

domingo, 24 de março de 2013

Cansaço...


A momentos no que o silencio é a nossa paz, quando o cansaço nos invade de tal maneira que só desejamos silencio.. Ouvir uma musica, estar quieta e deixar os sentimentos fluírem de tal maneira que sem dares por isso uma lágrima escorrega pelo olhar cansado. Si o coração soubesse explicar as mil e uma sensações, sentimentos o momentos que lê fazem acordar todo seria muito mais simples, mais as coisas fáceis não é algo que tenha ver com a minha personalidade...  
No escuro,com a luz do pc só, com o telemóvel em funcionamento e meu silencio a transmitir ao mundo o carrossel de sensações que a invadem... Fico a me olhar a frente dum espelho e me digo a mim mesma que é bom saber esconder mil e uma coisas trás estes olhos, experiências, vivenças e eu, aquele eu que quase ninguém tem acesso. Sai um suspiro que fica na ignorância das pessoas mais que transmite muita coisa... A dias que o cansaço supera quase todo e quando isso acontece, só me resta ficar quieta, não fazer ruído e esperar que o dia de amanhã as forças estejam novamente comigo.

domingo, 10 de março de 2013

Gosto de...


Gosto de caminhadas ao esconder-se o sol, de ouvir minha musica em quanto minha cabeça viaja onde a alma a leva... Gosto de beber um chã, sentada na minha varanda com o sol do fim do dia aquecer minha pele... Gosto de estar olhar o mar em silencio, a ouvir só a natureza sem pressa... De apanhar a chuva ficando encharcada e sentir-me abençoada pelo universo... Gosto de sentir areia fria invadir meus pés descalços e ter aquela pequena sensação de frio... Gosto de tanta coisa tão simples e tão gratuita que muitas vezes gosto de ter estes momentos duma maneira egoísta, sozinha e sem me preocupar de si mais alguém gosta... Muitas vezes, quando a vida nos mete provas dificis, estas pequenas coisas que gosto, são a gasolina para continuar a sorri em meu silencio. 
Curioso que todo o que faço e todo o que sinto me leva ao mesmo sitio, ao mesmo mundo, aquele no qual eu tiro a carapaça e mostro realmente todo o que dentro se oculta. Sem medo, sem pressa, sinceramente? Sem pensar mesmo... Aquele porto no qual encosto minha barca e relaxo, deixo todo ir sem pensar no que amanhã me poderá acontecer, simplesmente me deito o sento a sentir esse conforto que só ali sinto, esse conforto que descobri sem pensar, pois já la estava mesmo sem eu saber. Deixar cuidar, baixar a guarda em aquele momento sem sentir o cansaço de ser sempre forte... Fazer algo tão simples e muitas vezes complicado, ser eu mesma sem mais nem menos, de me sentir completa nesse momento.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Ella vive em mi...

Mission quase impossivel.


A vida passa, os dias passam, as horas passam, os segundos passam, os momentos passam e a ocasiões que damos por nos a pensar, " Será que nunca podemos ter todo ao mesmo tempo?"  Pois assim é a vida, ter tudo no mesmo tempo é uma missão quase impossível. Eu sou uma pessoa que precisa dum motor muito particular, sentir a vida em toda sua totalidade. Sim, arrepiar-me por um olhar, rir ao ver uma criança a sorrir, sentir-me viva pelo vento que minha cara sente... Meu motor é o amor pela vida, minha necessidade de viver, saber que bem o mal foi o que escolhi, que não fiquei parada a espera do que me pode acontecer e sim lutar pelo que quero que me aconteça. As vezes sem saber bem porque escolhemos um caminho e depois dum tempo reparamos nas razões para tal ter acontecido. Bem, sente, respira e decide. Pensar muito nas coisas não me aportar essa adrenalina que o imprevisto da vida me proporciona. Ouvir essa voz interior que diz coisas muitas vezes tolas num primeiro momento mais que depois as assumes com clareza. Sim, vivo, siento e arrisco pelo que vale a pena, pelo que da velocidade a meu motor e pelo que minha voz indica, por tanto sim, arriscarei e arrisco.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Bola de neve...


Temporal la fora e temporal cá dentro... As vezes nos espelhamos na natureza o ela nós ouve e se manifesta. Ando com minha vida virada do avesso, muitas mudanças, demais si calhar, mas muitas vezes elas são necessárias para nossa evolução. O ave fénix tem de voltar a ressurgir procurando novos caminhos e novos desafios urgentemente, precisando duma estabilidade necessária para recuperar assim o fôlego necessário. 
A vida as vezes parece uma bola de neve, que vai agrandando até que bate o para, a minha solução é parar a meio caminho, que ele não continue a crescer e derreta com o calor do coração. Sim, porque em meio disto tudo, meu coração bate forte, esta cheio e cálido mesmo que faça frio la fora.  Brilha duma maneira muito tempo imaginada, que bem precisava e que sei que vai perdurar. Por isso, a bola de neve paro, deixará de crescer, porque ao igual que o temporal que depois  sai o sol, na minha tempestade, também amanhecerá um novo dia.