terça-feira, 20 de setembro de 2011

Passage Du Silence


Em silencio, sem ouvir musica, nem tv, nada, simplesmente o som da rua e meu interior... Hoje acordei assim, em silencio, fechada em mim, com vontade de falar, de tirar para fora tudo o que vai cá dentro... Mas continuo em silencio...
Dei por mim a olhar as minhas mãos, fixar a vista e viajar longe, muito longe mesmo... Pensar em ti, em ela, em mim, minha vida, as vossas...E dou por mim a olhar para o mar perdendo a noção do tempo, espaço e lugar real, viajando a meu mundo virtual.
Tiro conclusões de cada sentimento que vem associado a cada imagem, a cada pensamento, se desenha um pequeno sorriso com um suspiro e um aperto no coração convida aos meus olhos a chorarem...Mas este meu orgulho o teimosia estúpida, não deixa que isso aconteça..
Olho para o ecrã do meu telemóvel que ilumino com uma mensagem, olho a foto do meu ecrã e paro, simplesmente paro...Dois ou três minutos sem escrever, novamente a pensar,sabem porque? Porque muitas vezes não escrevemos  o que pensamos para não termos a confirmação dos nossos pensamento & sentimentos... Como eu já diz a alguma pessoa, quando falamos em voz alta do que nós acontece, é realmente quando assumimos o nosso momento... 
Hoje estou assim, levo já algum tempo assim, em silencio, sem desabafar, sem partilhar... Difícil do fazer quando nem nós próprios sabemos do como, do porque, do momento certo, o jeito certo... Simplesmente, silencio...