sábado, 10 de setembro de 2011

“Não importa o quanto você vá devagar desde que não pare.” 
Confúcio