sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Saira meu espontaneo?


Ás vezes, acordamos com a grande necessidade de esvaziar o nosso interior,a nossa alma.. 
Dizer, aquelas pessoas de que jeito é que podem mexer em nós, como nós desiludiram,como nós magoaram,como dão luz a nossos dias,quais são os nossos medos, o que esperas delas, o que precisamos hoje, porque as deixamos entrar na nossa vida, o porque de todo o que se passa pelo nosso pensamento e coração só com ter um pensamento nelas...
Cada uma a seu jeito, cada um com um pensamento diferente e sentimento... Mas depois, pensamos assim" Expor o que eu penso ou sinto?" É ficamos com o pensamento nosso interior mas um dia esperando que talvez mas logo achemos o sentido e o digamos...
Ás vezes penso assim"E si morresse hoje a noite,será que sabem o que lês gostaria ter-les dito?""Será que alguma coisa teria mudado nós últimos minutos?"
Tenho pensamentos para ti, muitos silêncios guardados, nunca os mesmo, mas sim muitos... Falarei?Imagino que o farei quando meu interior o achar conveniente, si calhar quando não me importe o que posso arriscar, o simplesmente, quando meu espontâneo sair a luz e dizer tudo...Nesse dia algumas pessoas saberiam algumas coisas...Para já?Ficam cá dentro sem as compartir com ninguém...Musica é meu interior...