quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

William Shakespeare

Guardo o meu amor por dentro. É precioso. Pensar nele faz com que eu tenha vontade de cuidar de mim mesmo, então é bom. Guardando, guardando, feito jóia. Precioso, delicado. As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz- se não tiver, a gente inventa.