quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Ver só dois palmos a tua frente...


As vezes dou por mim a pensar como seria a vida sem poder-mos ver mais que dois palmos a nossa frente, seria tão limitada que ficaria aborrecida digo eu... Sou incapaz de estar simplesmente a olharsó a minha frente, sem reparar ao lado o atrás, sem ver a dimensão das coisas em si. Olhar para as estrelas tentando adivinhar qual é qual, jogar comigo mesma a ver animais,figuras e mais de mil e uma formas nas nuvens, num simples tijolo de mármore etc. Deixar a mente voar nos confins das imagens distorcidas por um divertido toque de imaginação desta mente que nos da grandes momentos e grandes enganos. Já pensarão que seria viver a olhar só a dois palmos a nossa frente? Uma grande perda a meu entender, seria perder a dimensão da grandeza e pureza desta mente livre com capacidade de tudo quando a liberdade nós é dada.