sexta-feira, 2 de março de 2012

Obrigada



Esta vida é tão incredível, como vivemos as coisas desde a distancia...Já pensaram alguma vez do porque algo que faz uns tempos era imprescindível até incluso necessário, passo a ser uma anedota? Em na distancia, escolhida o forçada, criamos barreiras e forças para depois ver as coisas com outro prisma, para reparar que nem era tão bom nem tão necessário... Nos momentos de carência damos importância e pessoas o coisas que não são mesmo necessárias.. Hoje na frialdade do momento, agradeço a umas quatro pessoas que tem estado sempre, mas sempre ao meu lado, as vezes a dar na cabeça, outras simplesmente a ouvir, obrigada a vocês três e a ti meu amigo, tu sabes quem és.
Estou mas fria, mas inacessível para as pessoas que não me conhecem, talvez estou mas em meu canto, pois nestes momentos da minha vida menos fáceis é assim que reajo, mas vocês dão as luzes da vossa graça em momentos menos esperados, obrigada...
Na distancia da vida em sim, vejo coisas dum jeito diferente...