sexta-feira, 6 de abril de 2012


A coisas que não conseguimos explicar, a coisas que nós dão pudor de dizer como foi, a coisas que nem sabemos como fizemos... Mais essas coisas todas, fazem de nos o que somos, nos constroem como pessoas, fazem parte de nos... As vezes no lado escuro de nosso coração são guardados achando que é melhor deixar la, para ninguém magoar, para nos não ter-mos que passar por essa experiência novamente, sim,porque quando ela é real de deixo essa marca, muitas vezes não a queremos reviver e isso é um erro..
Eu tenho todos esses cantinhos com luz, posso ter feito coisas erradas, ter acreditado no inacreditável, ter voado quando as asas eram de papel...Mais em tudo momento tenho seguido meu coração, tenho tentado ser fiel a ele diariamente e isso claro,passa as suas facturas... Sei que a coisas que aos olhos de algumas pessoas são imperdoaveis, a de outras são estupideces, mais aos meus, simplesmente são minhas...
Viver a nossa maneira leva os custos, mais eu  não me arrependo, como digo muitas vezes,  até que o corpo aguente, até que meu caminho chegue ao fim... Compartir aquelas obscuridades com as pessoas de confiança é o jeito de ir abrindo rasgos de luz, até que um dia estejam junto a esplanada da vida e o deixem de ser...
Porque as pessoas que nos amam as aceitam e até as agradecem, pois por todas as experiências, somos hoje as pessoas que eles conhecem.