quarta-feira, 27 de junho de 2012

Viver ao meu ritmo...


 Saber viver, a teu ritmo, sem pressas, com a calma que o a consciência te da... Sem olhar as coisas pelo valor material, sem pensar nos problemas que possamos ter...Simplesmente a viver, absorver cada sensação, cada momento como se não tivéssemos amanhã... Sentir a brisa do ar, com um chã na mão, de olhos fechados,a ouvir o que nesse momento se passe na rua... A varanda faz da minha televisão, sendo essa janela da realidade neste momento... Oiço, penso em ti, em mim, em muitas coisas e em nada ao mesmo tempo..Hoje,agora, só quero ter este momento, no que a minha mente e alma viajam longe encontrando a paz e a luz que tanto me ilumina...