quarta-feira, 6 de julho de 2011

Cantar


Vou cantar só, vou cantar para o vento. Talvez a natureza me aplauda, talvez os pássaros me ajudem, talvez a inspiração saia de um simples cantar. Talvez a minha vida faça sentido, talvez não.Mais dizem que quem canta seu mal espanta e eu tenho alguns para espantar...Grito com a minha musica paa ver si a minha alma acalma, se liberta e continua sua renovação...Canto pensando em ti, canto pensando no que sinto e vou mudar, canto para o mar desde minha varanda, desde areia em quanto me liberto....Quem canta seu mal espanta, quem canta pede a vida uma oportunidade... Já mude muita coisa, e mas vou mudar, porque estou-me sentir melhor, estou aprender  a viver sem ti e quando aprenda mesmo isso, ai, todo mudara de vez... Por isso vou cantar para este mar que tantas vezes lê falei de ti em silencio, de nós...