domingo, 19 de fevereiro de 2012

Nada volta ao que era...


Sabes o que acontece, quando alguém que a estado ausente quero voltar a estar presente? Pois bem, que as coisas que essa pessoa perdeu durante sua ausência, mudaram a tua essência, e por muito que se queira, nada é como era de antes... Momentos de tristeza ou aflição não compartidas, momentos de felicidade caladas, confidencias feitas para o vazio, sabendo que as palavras não iriam chegar... 
Durante essa ausência, ficaram palavras retidas na garganta, o soltas pela lágrima, mas sempre em silencio... Em meu canto, falando com quem sempre esteve presente o comigo mesma, pois acontece mas uma ausência a qual terminas forçosamente a te habituares, ficando mas forte o mas inacessível do que antes podias ser... 
Mostrando uma cara que no inicio de mim tinhas, mas descontraída e ao mesmo tempo mas longe da realidade, pois um dia prometi-me que não voltarias a errar com pessoas que ficaram de passagem...