sábado, 1 de outubro de 2011

Jeito de amar


Vi agora um filme, que amo, que me faz pensar no jeito de amar das pessoas, que me faz pensar meu jeito de amar... Fez-me viajar uns anos trás da minha vida e me lembrar do meu verdadeiro jeito de amar..
De aquela loucura que se apodera de nós que até a vida damos por um pequeno sorriso...Aquela doce loucura, onde falamos com o coração na boca, sem pensar no amanhã, porque aquele hoje, é nosso pico de felicidade que nos faz viver.... Lembrar-me de aquelas sensações, de aqueles momentos, de aquelas palavras, gesto e cima de tudo, de aquela verdade e certezas...Anos se passaram e é algo que nunca esqueci nem esquecerei, pois contigo aprendi muito, mas sem ti, aprendo muito mas... Levo sempre algo comigo, que ninguém sabe e ninguém vê.. É a lição do amor, do verdadeiro amor, de saber renunciar a ele sabendo que era o melhor para nós... 
Aquele olhar e sempre diferente quando a gente se encontra, aquele sorriso diz muita coisa... Só quero agradecer a vida por ter tido aquela oportunidade e por agora, viver a espera de achar um outro alguém que possa me voltar a fazer acreditar em aquela linda loucura...
Até então, continuo a procurar sem pressa, sem pausa, mas com saudade... Saudade que aquele estado de permanente loucura, de medo, de paixão e cima de tudo, de poder!