quinta-feira, 25 de agosto de 2011

No silencio do meu olhar...

Muitos dias a dormir pouco,muitos dias a dormir mal,muitos dias com o cérebro a trabalhar a 100% durante o dia tudo...E depois, vem as pequenas piscadelas que a vida te da para teres aqueles pequenos momentos de lucidez... Vês, que o destino te da um toque, e te lembrando de algumas coisas, de aquele rumo que tu sabes que tens de tomar e que estas a caminho...
Ficas a pensar mas um cadinho e terminas por te focar novamente nisso, tentando por de lado o que nos distrai... Uma luta constante esta a nossa vida, cheio de obstáculos,cheio de momentos mágicos que nós lembram que a vida é um milagre...Temos dias perfeitos, dias bons, dias médios e outros para esquecer...Faz parte do ciclo da vida..
Neste momento qual é o ciclo? E de muita coisa, sinceramente nem quero escrever disso,não aqui...Gostaria de poder falar tudo, poder explicar,mas a coisas que neste momento nem explicação tem.. Só consigo falar com a linguagem do meu olhar, e esse, é demasiado sincero si calhar...Fique pessoa de poucas palavras, de muito pensamento e algum silencio...Sei que talvez isso me faça ser difícil de perceber, mas só para duas pessoas que fiquei um livro aberto...
Para o resto, estou só quando estou mesmo com vontade de estar, j´´a me deixe de estar com as pessoas só para cumprir... Faço o que sinto, o que me apetece, si não posso fazer com as pessoas que quero esse dia o faço sozinha o não faço.... Estou numa fase que o EU tem de ficar por cima, só tenho dois NÓS, porque para o resto,estou Eu primeiro...Egoísmo? Si calhar... Mas também quando estou mal, só esse dois NÓS o sabem e tentar puxar para cima, o ao menos dão tudo para me ver bem...Prefiro que seja assim e não ouvir palavras ocas...
Por isso,hoje já ri,já chorei e já pensei...Organizei a minha mente, meu coração também ouvi e toca continuar a caminhar, estou pronta a correr.
Escrito durante esta noite