quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Paro e volto a olhar...


Sentada no chão, com o sol do fim do dia a bater nas minhas pernas, a ouvir o barulho da rua, carros a passarem, e a olhar pela minha varanda essa linda visão que é o sol a se despedir mas um novo dia.... E a minha mente? Longe, a viajar sem autorização, como sempre o faz, com plena liberdade e autonomia...Em que pensa? Em alguém...Porque? É uma boa pergunta... 
Paro, olho novamente para meu mar e sorrio... Cada dia temos pequenos milagres, coisas que nós podem aproximar as pessoas, ou também afastar... Não sou uma pessoa muito dada, é estranho dar um abraço,um toque a alguém, sempre me resguardo muito nesse sentido... Não sou de falar de mim, nem dizer o que posso o não querer, sentir... Sou muito sociável, mas pouca gente sabe quem eu sou...AMO o meu mundo,talvez porque la meus escudos deixam de existir...Só uma pessoa tinha acesso a ele, e outra aos poucos estou deixar entrar...Consigo muito bem estar comigo mesma, amo meu jeito de ser e é fácil me aturar...
Voltou parar e volto olhar...Gostaria de te ter aqui, para que? Olha isso agora, na hora é que saberia:) Tal vez um olhar poderia dizer muita coisa, mas é algo que para já evitamos...Nosso sorriso e bem estar já diz muito...Estou e estarei sempre cá...
Paro e volto a olhar...