domingo, 29 de maio de 2011

Desisto!

Hoje só quero dizer uma coisa, desisto, desisto de ti, de nós, dessa mentira que me fizeste acredita… Não vou ouvir meu feeling, não vou ouvir o dos outros se quer, simplesmente desisto de tanta falsidade e cobardia… Nem uma palavra, nem uma conversa que iria fazer ganhares o respeito e talvez recuperares amizade, mais não mereces… Muito fácil fugir e culpar a coisas sem sentido, muito fácil voltar a portos já conhecidos. Sei que o tempo mete a cada um em seu lugar, e a tua vez a de chegar, certamente, porque as lições são para todos… Desejo-te que sejas feliz, mesmo, mais desejo-te que o sejas longe, que nada saltite para meu lado, e que um dia, olhes para trás, e vejas que fizeste todo errado comigo… Talvez esse dia queiras falar, queres conversar e tenhas a coragem de pedir desculpas e ouvir o que tenho para te dizer… Sim, porque gostaria de dizer algumas coisas, nessa altura não sei si vou querer falar, mais tu, não és mulher para isso, como diz é mais fácil fugir… Desisto de ti, é a única certezas que tenho…  Uma coisa tenho de dizer, fizeste comigo aquilo que tu julgavas e criticavas, parabéns, estas nessa posição agora. Foste a lição mais dura de aprender, até agora, mais era porque tinha de ser assim, ficou melhor pessoa e aprendi algo contigo… Prefiro ficar para mim, com essa lição e seguir em frente, obrigada por nada… Direi isto pela última vez, adeus nininha.