domingo, 29 de maio de 2011

Jeitos de amar

 
Hoje numa conversa que tive com uma amiga minha, fiquei a pensar nos diferentes significados que as pessoas dão a uma palavra tão complicado como o AMOR… Fiquei a pensar o complicado, difícil e único que é achar duas pessoas que amam do mesmo jeito e estejam juntas… Acredito, que a maioria das rupturas, é derivado as pessoas terem jeitos diferentes de amar… Quem não teve uma relação na qual sente que ama mais uma das duas pessoas? Eu própria, já tive relações que eu amava mais e ao contrario, eu era mais amada… A pessoas que vão em diferentes velocidades na mesma relação, uma pessoa sabe que é a mulher da suas vida e da logo todo, a outra sabe mais vai mais devagar… Alguns são ciumentos derivados aos medos, e outros estão habituados a serem livres e não lidam bem com isso… Tantos jeitos diferentes de amar… Eu só sei que amo de meu jeito, bom o mau, é o meu… Dou todo quando chego ao ponto de dizer a frase, eu amo-te, sou fiel, tenho confiança e sempre respeito a liberdade, essa que eu tanto gosto mais sempre com respeito… Olho para trás e sento orgulho de meu jeito, porque sempre dei meu melhor, porque sempre foi EU!