quarta-feira, 15 de junho de 2011

Vontade




Sabes aquela vontade que te dar de fazer algo que não é certo? De gritar, correr, mais sem ter o objectivo de encontrar alguém no caminho e te calar? Só correr e gritar, mesmo. Para gastar todas as suas energias e todas as suas forças. De não parar, mesmo estando fraca. De não cair. De chegar em lugar, sem ninguém ao teu redor. De ficar sozinha. De não pensar em completamente de nada. De só olhar pro céu, e ver o sol, deixar que ele te ilumine. Dormir. Acordar, e continuar correndo e descobrindo novos lugares. Sem ninguém. Sem sofrer. Seria óptimo.